X

Reino Protista: características, classificação, resumo

Algas e protozoários: veja exemplos em vídeo e imagens

Reino Protista: características, classificação, resumo
4.4 (88.18%) 22 voto[s]

O reino protista é o reino das algas e dos protozoários. São caracterizados por células eucariontes, podem ser unicelulares ou pluricelulares. Autótrofos ou heterótrofos. Os protistas tem células tão complexas que uma única célula pode ser um ser vivo completo.

O reino protista que também é chamado de reino protoctista, é um reino bastante amplo, tanto que gera muitas controvérsias entre os biólogos. Os seres protistas englobam tanto seres unicelulares – possuem uma única células – e também de seres pluricelulares – possuem várias células. Seres que podem ser heterótrofos quando seres autótrofos. Há uma imensa variedade de seres vivos nesse reino. Vejamos uma vídeo aula. Final desta artigo tem o slide usado nessa vídeo aula.

No Reino Protista tem aproximadamente 40 mil espécies catalogadas até o momento.Mas estima-se que há muito mais por se descobrir. Entre os principais grupos de protistas estão os protozoários, algas unicelulares e algas pluricelulares.

Veja também estas aulas

Características gerais dos protistas

Todo ser vivo do Reino Protista é um eucarionte, ou seja, o seu código genético está guardado por uma membrana chamada carioteca, formando assim um núcleo celular bem definido.

Um dos representantes mais estudados é um paramécio. Pois é fácil de ver as principais estruturas em um microscópio.

Alguns protistas possuem parede celular, seu habitat é  na maioria aquático e pode ser tanto de ambiente marinho quanto de água doce.

No Reino Protista podem ser encontrados tantos seres heterótrofos quanto seres autótrofos.

O fato dos protistas serem tão diversos é o que causa controvérsia em sua classificação. Por motivos didáticos será considerado como protistas tantos os seres autótrofos e heterótrofos.

Habitat e nicho ecológico

Os protistas são seres aquáticos na sua grande maioria. Podem ser encontrados em rios, lagoas, mares oceanos e até mesmo em poças d’água e em terras úmidas

Há apenas algumas algas que se associam a fungos por simbiose e vivem em ambiente terrestre. Quando algas e fungos se associam formam os líquens

Outro lugar que os protistas podem viver é dentro de outros seres vivos. Nesse caso, como parasitas de muitos vertebrados e invertebrados, causando assim diversos tipos de doenças.

A doença de chagas por exemplo, é uma doença causada por um protozoário chamado Tripanossoma cruzi.

Os protistas também fazem parte do zooplâncton e fitoplâncton, sendo assim, importantes elementos em uma cadeia alimentar.

Podem também viver de forma livre, fixas em substratos ou ainda formar colônias.

Alimentação e Digestão

A alimentação dos protozoários se dá pela ingestão de partículas microscópicas. Os protozoários englobam partículas microscópicas através da fagocitose.

Esse movimento é muito bem observado nas amebas, como na figura abaixo.

Nesse caso a célula emite pseudópodes que irão ajudar o protozoário a conseguir seu alimento. Existe ainda uma abertura chamada citóstoma, que é uma abertura por onde as partículas microscópicas podem entrar.

Depois que o alimento é ingerido, as partículas alimentares serão digeridas no interior do protozoário por enzimas que farão a digestão do alimento.

Esse tipo de digestão é chamada de digestão intracelular.

Ao fim da digestão intracelular a célula irá eliminar as sobras ajudas pelo vacúolo celular. Esses restos irão sair por uma estrutura chamada citoprocto, também conhecida como citopígio.

A digestão ocorre apenas nos protozoários, pois eles são heterótrofos. Como as algas são seres autotróficos, elas conseguem obter energia através da energia do sol.

Respiração

A respiração é muito simples nos protistas. A troca de gases se dá por difusão simples, ou seja, os oxigênio e gás carbônico simplesmente atravessam a membrana das células.

Excreção

A excreção é um pouco mais complexa. Também vai depender se o protista é de água doce ou água salgada.

O controle dos líquidos no interior dos protistas se dará por uma estrutura chamada vacúolo contrátil. Essa estrutura recolhe o excesso de água e expulsa da célula para manter a homeostase da célula.

O vacúolo contrátil é o responsável pela osmorregulação dos protistas

Classificação dos seres do Reino Protista

Os protistas podem ser divididos em dois grupos principais:

  1. Protozoários: são heterotróficos e unicelulares
  2. Algas:  são autotróficos e podem ser unicelulares ou pluricelulares e

Protozoários

Os protozoários são os representantes heterotróficos do Reino Protista, ou seja, necessitam de matéria orgânica para se alimentarem.

Todos os seus representantes são unicelulares e podem causar diversas doenças. Podem viver nos mais diversos ambientes, como os marinhos de água doce, solos úmidos e também em hospedeiros.

No vídeo logo abaixo você vai ver uma grande diversidade de protozoários, que são protistas unicelulares. Apesar de sua aparente simplicidade, são seres bastante complexos e diversificados.

Classificação dos protozoários

A classificação dos protozoários se dá através do seu sistema de locomoção. São quatros os filos dos protozoários.

  1. Filo Sarcodina ou Rhizopoda : Locomovem-se através de pseudópodos ou falsos pés. São representados pelas amebas
  2. Filo Mastigophora ou Flagellata : Locomoção por meio de flagelos.Exemplo: Trypanosoma cruzi que é o causador dadoeça de chagas
  3. Filo Ciliophora ou Ciliata : Deslocam-se através de cílios. Os paramécios são exemplo
  4. Sporozoa : Não apresentam estruturas locomotoras. Como exemplo há o Plasmodium vivax, causador da malária.

Veja mais informações, ilustrações e vídeos na aula Os protozoários.

Algas Unicelulares

As algas unicelulares caracterizam-se por serem autótrofas, ou seja, são capazes de produzir seu próprio alimento utilizando a fotossíntese para isso. Possuem cloroplasto, organela que contém um pigmento chamado clorofila, o qual pode retirar a energia da luz.

Seus principais representantes são:

  1. Euglenas
  2. Dinoflagelados
  3. Diatomáceas
  4. Algas Douradas

Algas pluricelulares

Assim como as algas unicelulares, também são autótrofas. Podem ser encontradas tanto em ambientes marinhos quanto em ambientes de água doce. Em alguns casos fazem simbiose com fungos, formando os líquens.

Seus principais representantes são

  1. Algas Verdes
  2. Algas Pardas ou Marrons
  3. Algas Vermelhas

Slide o Reino Protista usado na vídeo aula

Exercícios e atividades

  1. Quais são os seres que pertencem ao reino protista?
  2. Quais são os principais representantes do Reino protista?
  3. Onde vivem o reino protista?
  4. O que é um protista?
  5. O que é um helminto?
  6. Quais são as doenças causadas por protozoários?

Se você tem alguma dúvida sobre o reino protista deixe um comentário, que você será respondido.

Leitura sugerida

Referencias bibliográficas

Categorias: Aulas

Visualizar comentários (38)