Início / Aulas / O que é clonagem? Terapêutica e humana

O que é clonagem? Terapêutica e humana

É bem provável que alguma vez você já de ter ouvido essa pergunta: o que é clonagem? Trata-se de um processo de reprodução assexuada no qual, de um ser vivo unicelular ou pluricelular, são formados descendentes geneticamente idênticos entre si e ao progenitor, gerando clones. Esse tipo de reprodução pode acontecer tanto naturalmente quando de forma artificial em laboratórios. Veja um vídeo sobre assunto pra você entender melhor e depois continue com a leitura.

A clonagem é um processo que ocorre de forma natural nos seres unicelulares (bactérias, certos fungos, protozoários) e em muitos pluricelulares, como vegetais com capacidade de se propagar por meio de “brotos”, entre eles a banana, o alho e o inhame. Há também exemplos entre os animais, como as anêmonas-do-mar, que se reproduzem por brotamento.

A vantagem da clonagem vegetal, também chamada propagação vegetativa, é a manutenção das características vantajosas da espécie do ponto de vista comercial, como formato, resistência e sabor, já que os clones são geneticamente idênticos à planta-mãe. Além disso, a propagação vegetativa é, em geral, mais rápida do que o plantio por sementes. Por outro lado, a baixa variabilidade genética pode tornar a espécie mais vulnerável às alterações ambientais, uma vez que todos os indivíduos devem ter a mesma capacidade de resposta a elas.

Uma novidade científica importante que surgiu nas últimas décadas foi a possibilidade de clonar mamíferos em laboratório. Em 1962, J. B. Gurdon, no Reino Unido, conseguiu obter clones de um sapo adulto, mas eles morreram antes de chegar à fase adulta. Em 1981, Karl lllmense e Peter Hoppe, da Universidade de Genebra (Suíça), anunciaram ter obtido clones de ratos a partir de células embrionárias. Em 1996, na Escócia, a ovelha Dolly foi o primeiro caso de clonagem bem-sucedida a partir de uma célula adulta.

O caso da ovelha Dolly

O pesquisador Ian Wilmut e sua equipe utilizaram três fêmeas de ovelhas no seu experimento para realizar a clonagem que resultou no nascimento da ovelha Dolly. Retirou-se o núcleo de uma célula de glândula mamária de uma ovelha adulta da raça Finn Dorset (“cara branca”); esse núcleo foi implantado em um óvulo sem núcleo de outra ovelha, da raça Scottish Biackface (“cara preta”). A célula resultante foi cultivada em laboratório, gerando um embrião que foi implantado no útero de uma terceira ovelha da raça Scottish Biackface, que gerou um filhote – a ovelha Dolly, da raça Finn Dorset.

como-é-feita-a-clonagem

Os experimentos feitos com a ovelha Dolly e outros animais mostraram que a clonagem em mamíferos gera riscos de doenças, envelhecimento precoce e más-formações nos clones. Isso provocou muitos questionamentos sobre os limites de realização desse tipo de pesquisa. Com relação à clonagem humana, mais de 60 países, inclusive o Brasil, já se pronunciaram contra qualquer tipo de experimento envolvendo a espécie humana.

Veja aqui no site uma aula completa sobre biotecnologia.

A clonagem para fins terapêuticos

A clonagem terapêutica é a clonagem de células e de tecidos que tem como finalidade o tratamento de doenças ou outros fatores que afetam a saúde das pessoas. Uma das técnicas utilizadas envolve a retirada de células de embriões nos seus primeiros estágios de desenvolvimento, as chamadas células-tronco embrionárias, pois elas têm a capacidade de se transformar em vários tipos de célula e formar diferentes tecidos. Essas células podem ser cultivadas em laboratório e utilizadas no tratamento de doenças como câncer, doença de Alzheimer, doença de Parkinson, diabetes, artrite e doenças cardíacas, além de auxiliar no tratamento de lesões na coluna, queimaduras, entre outras.

O que é clonagem Terapêutica e humana

A clonagem envolvendo células-tronco embrionárias tem provocado polêmica. Muitos consideram que a vida tem início a partir da fecundação, e a utilização de células de um embrião humano (com a sua consequente destruição) seria um ato criminoso. Outros acreditam que a vida só se inicia com a implantação do embrião no útero; outros, ainda, após a formação do sistema nervoso do embrião.

Outra possibilidade de clonagem terapêutica consiste em implantar o núcleo de uma célula do próprio paciente em um ovócito sem núcleo. As células obtidas da divisão dessa nova célula terão capacidade de diferenciar-se em vários tecidos humanos, compatíveis com o paciente, evitando problemas de rejeição. Esses tecidos poderiam ser utilizados, por exemplo, para recuperar órgãos ou partes deles que tivessem sofrido acidentes ou fossem doentes. Existe uma forte oposição ao desenvolvimento dessa técnica, pois ela poderia possibilitar a clonagem humana.

Resumo da aula O que é clonagem? Terapêutica e humana

  • A clonagem pode ser natural ou artificial
  • As etapas da clonagem
  • clonagem para fins terapêuticos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser
79 Slides profissionais   Biologia e Ciências     R$ 21,00
QUERO VER OS SLIDES

Você é 
Professor(a)?

Tem um slide GRÁTIS em powerpoint pra você baixar agora. 
Baixar Slide