Início / Mundo Animal / 13 anfíbios que você nunca viu

13 anfíbios que você nunca viu

Anfíbios, animais que tem em seu ciclo de vida a fase aquática e a terrestre, pois anfi, que aquele que gosta de dois, e bios, a velha e boa vida. Então, anfíbios, aqueles que gostam das duas vidas, no caso a aquática e a terrestre. Há é claro algumas exceções como tudo em biologia, até mesmo a própria exceção.

Esses vertebrados desempenham importantes papeis na cadeia alimentar, sua temperatura varia junto com o ambiente, e podem ser considerados marcadores de saúde ambiental, pois com a menor mudança em seu ambiente eles podem desaparecer.

Segundo Amphibian Species of the World, estão catalogadas atualmente pouco mais de 6 mil espécies.

Nesta apresentamos algumas das mais curiosas variedades de sapos e rãs já encontrados na natureza. Algumas delas ainda não tem um nome propriamente dito em português, mas aí vai a nossa lista de 13 dessas espécies.

Veja a Aula Características Gerais dos Anfíbios

13 – Orange-legged leaf frog

Sapo verde laranja sem legenda

DanielVelho/Project Noah

Também é conhecido como sapo-macaco, Phyllomedusa oreades, anfíbio da família Hylidae encontrada apenas no Brasil. Tem como  habitats naturais: mato fechado árido tropical ou subtropical,campos  de várzea árida tropical ou subtropical.

12 – Rã-dardo-venenosa-azul

Rã usada pelos índios

B. Smith/CC BY-NC-SA

Está rã, da espécie Dendrobates azureus, tem uma forte coloração azul para avisar seus predadores que ela é venenosa. Pode ser encontrada nas floresta do Suriname e também no Brasil. Tem aproximandamente 4 cm em média e pode chegar a pesar 8 gramas de peso.

A característica mais marcante é a presença de um forte veneno em suas glândulas. O veneno paralisa e muitas vezes mata seus predadores naturais.

11 – Sapo de Vidro

Sapo transparente

Jonathan Sequeira/Project Noah

Este é com certeza um dos representantes mais curiosos dos anfíbios, pois devido a sua transparência podemos ver seus orgãos internos como o estômago, o coração e no caso dessa foto até o intestino com fezes.

É uma espécie extremamente ameaçada de extinção e todo cuidado na sua preservação é necessário.

Sua alimentação consiste de pequenos insetos como grilos e moscas e até mesmo minúsculas mariposas.

10 – Sapo Arlequim

Sapo preto com lilas

Reprodução/obviousmag.org

O sapo Arlequim, da espécie Atelopu varius, é encontrado nas florestas do Panamá e é também conhecido como sapo palhaço por causa de sua coloração que aliás indica que é venenoso e server para advertir seus possíveis predadores que come-lo não é um bom negócio. Infelizmente esse sapo corre perigo de se extinguir, na Costa Rica, onde muitos biólogos  dizem que ele é natural de lá, já faz algum tempo em que ele não é mais avistado.

9 -Perereca de olhos vermelhos

Perereca de olhos vermelhos

SergeiKoultchitskii/Project Noah

Encontrado apenas nas florestas da Costa Rica, a perereca de olhos vermelhos, é conhecida internacionalmente como Red-eyed tree frog (Agalychnis callidryas). Olha que figura entre os anfíbios que estão vias de desaparecer deste planeta.

C, é um animal endêmico de florestas na Costa Rica.

8 – Sapo-boi-indiano

Sapo amarelo da india

Susheel Shrestha

O  Sapo Boi Indiano da espécie Hoplobatrachus tigerinus é encontrado na Ásia, Paquistão, Afeganistão e Nepal. Os machos quando querem dar aquele xaveco animal que só os anfíbios sabem fazer, ficam com o corpo amarelo e o saco vocal azul e fazem um som bem peculiar na época de acasalamento.  Este sapo diferente dos outros não está ameaçado de extinção mas corre certo perigo devido ao crescimento demográfico dos países que o sapo indiano vive.

7 – Gray tree frog

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

David/Project Noah

O Sapo cinza de árvore da espécie Hyla versicolor, como o próprio nome diz  é cinza e vive em árvores, sua barriga amarela brilhante e sua volta varia de verde-claro a cinza escuro.

6 – Rã-arborícola-europeia

Sapo de arvore europeu

ricardgarcia5/Project Noah

Conhecida  como European tree frog (Hyla arbórea),[é uma das melhores rã do mundo e cabe da ponta do dedo é encontrada principalmente em locais com úmidos com extensa vegetação .

5 – Weale’s Running Frog

Weales-Running-Frog

AshleyT/Project Noah

Encontrado na África do Sul e na Suazilandia o sapo Weale’s Running Frog da espécie Semnodactylus weali. Vive desde pastagem até vegetação em pequenos arbustos, são adaptados em climas temperados e tem como principais habitats pântanos, marismas de água doce, nascentes de águas doces, mananciais, marismas intermitentes de água doce e em lagoas.

Está em perigo de extinção.

Se você estiver curtindo o artigo 13 anfíbios que você nunca viu não esqueça de dar um like no facebook ou no google +, assim você estará ajudando a divulgar e manter nosso site.

4 – Small Gliding Frog

13 anfíbios que você nunca viu

Adarsha B S/Project Noah–

Encontrada em parte do Sul da Índia o sapo da espécie Rhacophorus lateralis corre grande risco de extinção e pode desaparecer nas próximas décadas. De coloração amarelada, possui algumas partes do corpo translúcidas

3 – Prince Charles Torrenteer

Prince-Charles-Torrenteer

Andreas Kay/Project Noah

O sapo da espécie Hyloscirtus princecharlesi pertence à família Hylidae e é encontrado somente no Equador. É uma espécie recentemente descoberta foi catalogada apenas no ano passado, 2012 e foi batizada em homenagem ao príncipe Charles do Reino Unido pelo seu “esforço”  na “conservação” das florestas tropicais.

2 – Granular Poison Dart Frog

Granular-Poison-Dart-Frog

MatthewKritzer/Project Noah

Este simpático e pequenino sapo apesar do seu pequeno tamanho tem um veneno de grande potência. Po enquanto foram encontrados apenas na Costa Rica e como se pode ver pelas imagens cabem em uma pequena pétala de flor. É da espécie Oophaga granuliferus.

1 – Pumpkin toadlet

Pumpkin-toadlet

João Burini/Project Noah

Este que é um dos menores representantes dos anfíbios, cabe literalmente na palma da mão. São encontrados apenas no Brasil e por incrível que pareça são internacionalmente conhecidos com o nome gringo de Pumpkin toadlet. Sua espécie recebe o nome científico de Brachycephalus ephippium.

São bastantes venenosos para se defenderem de seus predadores, já que este preguiçoso bichinho raramente pula e se movimenta de forma bem lenta. Bem nesse caso é melhor se garantir pelo veneno da pele mesmo.

Conhecido internacionalmente como Pumpkin toadlet, este sapo pertence à espécie , endêmico no Brasil. São venenosos e sua característica principal é que raramente eles pulam, se movimentando de forma lenta.

E aí, o que achou deste artigo? Dê sua opinião. Deixe uma sugestão de matéria que analisaremos com todo carinhos

Voltar ao topo do artigo 13 anfíbios que você nunca viu 

9 comentários

  1. Que sapo mais legal aquele de vidro. Muuuuuuuuuuuuuuuuuito legal

  2. Adorei o artigo! Amo sapos, são seres lindos e incompreendidos!
    Estou fazendo uma pesquisa das aparições dos sapos simbologicamente e em lendas ao redor do mundo. Se você souber de algo e quiser contribuir podemos trocar figurinhas!!
    Mas parabéns! Você tem uma listagem bem interessante aqui!

    • Bem, falar a verdade eu não sei nada sobre simbologia relacionada aos sapos. A única coisa que me vem a cabeça é a lenda do príncipe que beijou um sapo. Coitado do sapo. Nada contra as princesas, mas do ponto de vista do sapo deve ter sido uma situação bem estressante. :p

  3. eu quero sapo verdes de olhos verdes

  4. simplesmente…adorei ver toda essas variedades de anfíbios.

  5. raquel nascimento

    Parabéns! Ótimo para pesquisas escolares minha filha adorou….a variedade e clareza nas explicações são de fácil entendimento e favorece o aprendizado.
    Nota 10 para vocês!

  6. Encontrei uma ra branca alguem sabe me dizer a especie?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser

Você é 
Professor(a)?

Tem um slide GRÁTIS em powerpoint pra você baixar agora. 
Baixar Slide

Compartilhe isso com um amigo