Ação dos raios UV na pele

Embora o Sol esteja a milhões de quilômetros da Terra, a ação dos raios UV na pele pode ser sentida e ter graves consequências se não houver certos cuidados. Esses raios podem causar danos à pele, como manchas, queimaduras e até câncer. É certo também que sem os raios solares também não haveria vida na Terra. Vamos ver um vídeo e depois continue lendo o texto.

As pessoas de pele escura produzem melanina continuamente e por isso têm proteção maior contra os raios UV. As pessoas de pele clara necessitam se expor à luz solar para que determinadas células da epiderme sejam estimuladas a produzir melanina. São necessários de 5 a 7 dias para que a quantidade de melanina produzida por breves banhos de sol seja suficiente para oferecer certa proteção contra a radiação UV. Deve-se considerar, entretanto, os horários do dia em que é mais seguro tomar sol: segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia, deve-se evitar a exposição solar entre 10 horas e 16 horas. Para mais informações, consulte o portal <http://www.sbd.org.br/cuidados/cuidados-com-a-pele-no-verao/>, acesso em nov. 2014.

Para entender melhor como a pele funciona veja aqui no site a aula Sistema Tegumentar – A pele humana.

Quando a pessoa toma muito sol sem que a pele esteja preparada, sofre queimaduras e, com o tempo, pode desenvolver câncer de pele, pois os efeitos dos raios solares nas células desse órgão são cumulativos. Já as pessoas com pele mais escura e, portanto, com maior proteção da melanina, têm menor chance de adquirir esse tipo de câncer, porém, também devem usar protetor solar.

Além das manchas, o sol pode causar rugas na pele, dando-lhe aparência envelhecida. Pessoas que trabalham no campo em constante exposição ao sol podem ficar com a pele enrugada.

Os raios ultravioleta UVA e UVB, têm diferentes comprimentos de ondas. Os raios UVA tem maior capacidade de penetração nas células e maior capacidade de causar danos no DNA e com isso causar mutações e até mesmo câncer de pele.

Ação dos raios UV na pele

Algumas pessoas herdam de seus pais o potencial de exibir a característica que impede, total ou parcialmente, a produção de melanina. Com isso, fica reduzida a capacidade de proteção contra os raios ultravioleta e aumenta-se a predisposição a sofrer queimaduras solares e câncer de pele. A pele é muito clara e os cabelos são brancos ou claros. Essa característica é conhecida por albinismo (do latim albus= branco).

Além disso, as pessoas albinas sofrem de diversos distúrbios da visão, incluindo a fotofobia (aversão à luz).

Resumo de Ação dos raios UV na pele

  • os raios ultravioleta podem ser do tipo UVA ou UVB
  • O raio UVA tem maior penetração na pele
  • Diferentes tonalidades de pele respondem de maneira diferentes a absorção desses raios.

Fonte para a aula Ação dos raios UV na pele.

https://www.youtube.com/watch?v=pA1j9vktgJM

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

close-link
Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser
close-link
88 Slides profissionais  de  Biologia e Ciências

Você é 
Professor(a)?

Tem 1 Slides GRÁTIS pra você baixar.
Baixar Slides
close-link
Close