Sistema Tegumentar – A pele humana

A pele é o maior órgão do corpo humano em extensão e volume e, por estar exposta ao ambiente, está sujeita a uma série de agressões, e esses serão alguns dos temas que serão abordados na aula Sistema Tegumentar – A pele humana. Na pele existem vários elementos, formados por diferentes tecidos distribuídos em camada – epiderme, derme e hipoderme cada uma com estruturas e funções específicas. No documentário  e no slide logo abaixo você ter uma boa aula das principais características, funções e curiosidades sobre a pele humana.

O que vamos ver na aula Sistema Tegumentar – A pele humana

  • Epiderme
  • Derme 
  • Hipoderme
  • Estruturas anexas da pele
  • Doenças da pele – micoses

Anatomia do sistema tegumentar

Podemos dividir o sistema tegumentar, de maneira bem resumida em camadas e anexos da pele.

  • Camadas da pele: epiderme, derme e hipoderme
  • Anexos da pele: glândulas sebáceas, sudoríparas, pele, cabelo e unhas

Veja a figura abaixo para entender melhor a anatomia da pele.

Sistema Tegumentar - A pele humana

Epiderme

A epiderme (do grego epi= acima; derma = pele) é constituída de tecido epitelial e reveste externamente o corpo humano. Ela pode ser formada por várias camadas, mas sua espessura não é uniforme: pode ser fina e delicada em algumas regiões, como nos lábios, ou mais espessa, como nos cotovelos.

Veja uma de Fisiologia Humana com os Principais sistemas do corpo humano.

À medida que as células mais superficiais da epiderme envelhecem, passam a produzir e acumular queratina. Com o aumento da quantidade de queratina acumulada, as células morrem e passam a constituir um revestimento resistente ao atrito e impermeável à água, porém permeável a determinadas substâncias oleosas – essa característica é considerada para a produção de medicamentos que precisam ser usados sobre a pele, por exemplo. A queratina também tem papel fundamental como barreira contra a entrada de microrganismos e substâncias presentes no ambiente.

Na epiderme, também podem ser encontradas células que produzem melanina, um pigmento responsável pela cor da pele, dos cabelos e dos olhos (íris). Esse pigmento absorve os raios ultravioleta (UV) da luz do Sol, protegendo o organismo. Pessoas de pele clara, por apresentarem menos melanina, são as mais propensas a desenvolver câncer de pele se expostas a fatores de risco como insolação intensa ou constante. O número de melanócitos é semelhante em todas as pessoas (cerca de 13% das células da epiderme), entretanto, sua forma, atividade, tamanho, disposição e quantidade de melanina produzida são variáveis.

Veja aqui no site o artigo Ação dos raios UV na pelepara entender melhor as consequências na pele quando exposta aos raios UV.

Receptores para o tato, células de defesa imunitária e parte da glândula sudorípara, responsável por liberar o suor na pele, também são encontrados na epiderme.

 Derme

A derme é a camada intermediária da pele, localizada entre a epiderme e a hipoderme. É formada por tecido conjuntivo e dá resistência e elasticidade ao órgão. Na derme, estão localizados os receptores sensoriais de pressão, de dor e de temperatura, além das glândulas produtoras de suor e de sebo.

As glândulas sudoríparas existem em toda a pele, mas são mais abundantes nas palmas das mãos e plantas dos pés. A glândula sudorípara órigina-se na derme e recebe nervos que estimulam a produção do suor, que é conduzido por um canal até um poro na superfície da pele. 0 suor é composto principalmente de água e sais minerais.

Ao encontrar a superfície quente da pele, o suor evapora-se, absorvendo calor da pele e refrescando o corpo.

As glândulas sebáceas encontram-se distribuídas na pele, sendo mais abundantes na face e no couro cabeludo. As glândulas sebáceas produzem sebo, que lubrifica os pelos.

Veja aqui no site uma aula sobre Genética.

Hipoderme

Na hipoderme, localizam-se os receptores do tato que captam vibrações e pressão forte, além de células do tecido adiposo. A gordura, presente nesse tecido, é um isolante térmico e serve de reserva energética para o organismo. Ela dá à hipoderme espessura variável e proteção contra traumas mecânicos (pancadas).

ESTRUTURAS ANEXAS DA PELE

Além das glândulas sebáceas e sudoríparas, outras estruturas anexas são importantes para a proteção da pele: os pelos, os cabelos e as unhas. Essas estruturas apresentam células mortas com grande quantidade de queratina.

As unhas protegem as pontas dos dedos e ajudam a segurar objetos.

As unhas devem ser limpas e sua borda livre deve ser cortada, para evitar acúmulo de sujeira e microrganismos.

Unha queratina

Os pelos e os cabelos têm a função de proteger o corpo contra o atrito, o frio e os raios ultravioleta do Sol. São lubrificados pelo sebo produzido pelas glândulas sebáceas. Os cabelos têm diferentes espessuras, cores e formas. Geralmente, os cabelos claros são mais finos e lisos. Cabelos ondulados têm espessura variada, sendo mais finos em alguns pontos e mais grossos em outros.

As cores dos pelos e cabelos resultam da quantidade e do tipo de melanina existente nos fios. Cabelos brancos são relacionados à diminuição da produção de melanina.

O fio de cabelo é formado por cutícula, córtex e medula. A cutícula é a parte externa do fio que protege as células da parte interna, chamada córtex. A cutícula se desgasta com agressões de escovação, tinturas, alisamentos, exposição ao sol e à água da piscina, deixando o cabelo sem brilho, áspero e difícil de pentear. Os condicionadores de cabelos fecham a cutícula, desembaraçando o cabelo e melhorando a aparência.

DOENÇAS DA PELE – Micoses

As micoses são doenças causadas por fungos que podem parasitar a pele, as unhas e o couro cabeludo.

Alguns hábitos que ajudam a evitar as micoses são:

  • não pisar descalço em vestiários ou banheiros públicos;
  • evitar cremes oleosos na pele, pois as peles oleosas são mais propícias às micoses;
  • não permanecer com roupas molhadas ou úmidas;
  • trocar as meias diariamente;
  • secar bem o corpo todo após o banho;
  • não usar objetos pessoais de outra pessoa, como escovas e pentes, bonés, maiôs, toalhas etc.;
  • evitar o uso coletivo de instrumentos como alicates e cortadores de unha ou certificar-se de que o material coletivo é esterilizado.

Conheça três tipos comuns de micose:

  • Tinha: a contaminação ocorre na areia das praias, em piscinas e também pelo contato com roupas de banho mo-lhadas. Pode ser encontrada em qualquer parte do corpo. Quando ocorre nos pés. recebe o nome de “pé de atleta”.
  • Micoses das unhas dos pés e das mãos: são causadas por diversos tipos de fungos. As unhas afetadas pela infecção ficam grossas, de cor amarela ou marrom e acumulam resíduos que provocam mau cheiro.
  • Pitiríase versicolor: caracteriza-se por manchas brancas, rosadas ou castanhas na pele, em forma de confete, que podem aparecer isoladas ou agrupadas. É comum as pessoas pensarem que se contrai essa micose na praia, pois, após tomar sol, as manchas ficam mais visíveis, mas isso ocorre porque a região afetada não fica bronzeada. Para evitar a pitiríase, não se deve passar cremes oleosos na pele.

Pediculose (piolho)

O piolho (Pediculus humanus capitis) é um inseto que parasita o ser humano e infesta principalmente a cabeça, alimentando-se de sangue. O contágio é feito de pessoa para pessoa e também por escovas, pentes e roupas compartilhadas.

Os piolhos depositam os ovos na raiz do fio de cabelo, envolvendo-o.

O tratamento da pediculose é feito com medicamentos na forma de xampu ou loção inseticida. Esses medicamentos matam os piolhos adultos, mas não as lêndeas (ovos), que deverão ser retiradas com um pente fino. Como os ovos eclodem em aproximadamente uma semana, é necessário repetir o tratamento até a eliminação total dos insetos.

Escabiose (sarna)

A escabiose é causada pelo ácaro Sarcoptes scabiei, que se alimenta da queratina da epiderme. A doença se caracteriza por coceira intensa na pele e formação de crostas em várias regiões do corpo: umbigo, cotovelo, nádegas, tórax, mama, axilas, atrás dos joelhos e entre os dedos das mãos.

A transmissão se faz de pessoa para pessoa, pelo contato direto ou pelo compartilhamento de roupas contaminadas. Não há formas de prevenção, por isso, aconselha-se que todos os que convivem com a pessoa afetada sejam tratados e todas as roupas utilizadas, inclusive as de cama e banho, sejam lavadas diariamente.

Larva migrans cutânea (bicho-geográfico)

Bicho-geográfico é o nome popular do verme Ancylostoma brasiliensis, parasita de cães e de gatos, que pode contaminar seres humanos. Veja uma aula sobre os Nematelmintos para entender melhor o filo animal que esse verme faz parte.

Os ovos do verme, liberados nas fezes dos cães e dos gatos, podem eclodir e liberar as larvas quando depositados em ambientes úmidos, como na areia da praia, em parques ou até mesmo em calçadas. As larvas podem penetrar na pele de seres humanos e se abrigar abaixo da epiderme, onde se movimentam deixando marcas em forma de mapas. A pessoa contaminada sente muita coceira e pode apresentar inchaço e bolhas no local das lesões.

A prevenção é feita usando calçados, principalmente em áreas de uso freqüente de cães e de gatos, e tratando os animais contaminados. Medidas públicas para prevenir a doença incluem proibir a presença de cães e gatos em praias e parques, além de tornar obrigatória a coleta de fezes de animais de estimação em locais públicos.A pele e suas camadas.

  • A função da queratina e da melanina.
  • A ação dos raios UV na pele.
  • Acne.
  • As estruturas anexas da pele.
  • As principais doenças que afetam o sistema tegumentar.

 

Resumo de Sistema Tegumentar – A pele humana

  • O sistema tegumentar pode ser divida em epiderme, derme, hipoderme e anexos da pele
  • A principais doenças que atingem a pele são as micoses, que causadas por fungos
  • Verme, artrópodes, bactérias e até doenças autoimunes também podem causar doenças de pele

Fontes:

TORTORA, G. J.; GRABOWSKI, S. R. Corpo humano\ fundamentos de anatomia e fisiologia. 6. ed. Porto Alegre: Artmed, 2006.

https://www.youtube.com/watch?v=cLKe5QIetxU&feature=youtu.be

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

close-link
Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser
close-link
Baixe 5 Slides profissionais - GRÁTIS    
BAIXAR

Você é 
Professor(a)?

Tem 1 Slides GRÁTIS pra você baixar.
Baixar Slides
close-link
Close