Início / Aulas / Vitaminas, tipos funções e fontes

Vitaminas, tipos funções e fontes

As vitaminas são nutrientes fundamentais para o bom funcionamento do organismo. Elas participam das atividades vitais, regulando a ação de outras substâncias. Por esse motivo, são chamadas de substâncias reguladoras. Como o organismo não consegue produzir todas as vitaminas de que necessita, devemos adquiri-las pela alimentação. As vitaminas estão presentes, principalmente, nos vegetais, que as produzem em grandes quantidades.

Embora necessitemos de pequenas quantidades diárias de vitaminas, sua carência pode provocar uma série de alterações indesejáveis e de doenças. Sendo assim, é extremamente importante manter uma alimentação nutritiva e variada.

Doenças causadas pela carência de vitaminas

A falta de vitaminas pode acarretar sérios problemas nutricionais, podendo causar sérios danos a saúde. A baixa concentração de vitaminas é chamada genericamente de avitaminose. Veja logo abaixo uma tabela com as principais doenças causadas pela baixa ingestão de vitaminas.

Vitaminas, tipos funções e fontes

Para aproveitar melhor os nutrientes presentes em alguns alimentos, podem-se utilizar suas cascas, nas quais há grande concentração de vitaminas, como nos tomates. Muitos vegetais podem ser ingeridos crus; o aquecimento pode fazer com que alguns nutrientes sejam perdidos.

Algumas vitaminas são hidrossolúveis, ou seja, dissolvem-se na água, e o seu excesso é eliminado pela urina. Outras vitaminas são lipossolúveis, ou seja, não se dissolvem em água, mas sim em lipídios e podem ser armazenadas, principalmente, no fígado e no tecido adiposo.

Vitaminas hidrossolúveis

Essas vitaminas não são produzidas pelo organismo e, portanto, precisam ser obtidas por meio da alimentação. Seu excesso, geralmente, não causa problemas, porque é excretado pela urina e não fica armazenado no organismo.

A tabela a seguir apresenta informações sobre algumas vitaminas hidrossolúveis.

Vitamina Principais fontes Principais funções Principais efeitos da carência
(Tiamina) Carne de porco, folhas verdes, castanha-do–pará e gema de ovo. Transmissão de impulsos nervosos e produção de energia. Insônia, nervosismo, irritação, fadiga, depressão e perda de apetite.
b2

(Ribofiavina)

Leite, grãos integrais e frutas amarelas ou alaranjadas. Auxilia no transporte do gás oxigênio e metabolismo em geral. Anemia, lesões da pele e fraqueza muscular
B3

(Niacina)

Carnes vermelhas, pescados, nozes e amendoim. Atua no metabolismo para obtenção de energia. Alterações da pele, diarréia e úlceras nas mucosas.
B5

(Ácido pantotênico)

Vísceras, ovos, leite, soja e geleia real. Metabolismo em geral e síntese de aminoácidos. Alterações neurológicas, fadiga, dor de cabeça e náuseas.
Be

(Piridoxina)

Carnes brancas e vermelhas. Respiração celular e metabolismo de proteínas. Dermatite, anemia, gengivite, feridas na boca e na língua, náuseas e nervosismo.
(Ácido fólico) Fígado e espinafre. Formação de hemácías, DNAe RNA. Anemia e cansaço.
b.2 Carnes em gerai, leite e seus derivados. Formação de hemácías, DNAe RNA. Anemia e alterações neurológicas.
c Frutas cítricas, morango, tomate e brócolis. Síntese de proteínas e de hormônios e absorção de ferro. Escorbuto (doença que causa inflamação das gengivas, amolecimento de dentes e hemorragias).

Vitaminas lipossolúveis

Essas vitaminas, com exceção da vitamina D, não podem ser produzidas pelo organismo. Por serem lipossolúveis, ou seja, não se dissolverem em água, essas vitaminas não são excretadas facilmente, e seu acúmulo pode ocasionar problemas. A tabela a seguir apresenta informações sobre algumas vitaminas lipossolúveis.

Vitamina Principais

fontes

Principais

funções

Principais efeitos da carência Principais efeitos do excesso
A Fígado, peixe, ovos, leite e seus derivados. Ação protetora da pele e das mucosas, além de auxiliar na visão. Cegueira noturna, resseca mento da retina e feridas na pele. Sonolência, perda de cabelo e dor abdominal.
D Leite, gema de ovos e óleo de fígado de bacalhau. Fixação de cálcio, favorecendo o crescimento de dentes e ossos. Raquitismo e osteoporose. Cálculo renal, diarreia e vômitos.
E Vegetais de folhas verde–escuras, nozes e grãos. Metabolismo de lipídios. Alterações na produção de espermatozóides e dor muscular. Alterações visuais, fadiga e fraqueza.
K Vegetais de folhas verdes, repolho e couve-flor. Coagulação do sangue. Hemorragias. Anemia e

alterações no fígado.

VITAMINA D

Em nossa pele há uma substância que é transformada em vitamina D quando exposta à radiação solar. Curtas exposições ao sol, ao menos três vezes por semana, e sem o uso de filtro solar, nos braços e nas pernas, são recomendadas por alguns médicos desde que sejam tomadas medidas de prevenção à saúde da pele, evitando a exposição entre 10 horas da manhã e 4 horas da tarde.

Na infância, a carência de vitamina D pode levar ao raquitismo, caracterizado por enfraquecimento e amolecimento dos ossos. Essa doença causa deformidades ósseas, como braços e pernas arqueados, deformidades na coluna, costelas alteradas, tornando o tórax parecido com o peito de uma pomba, baixa estatura, entre outras.

Resumo da aula Vitaminas, tipos, funções e fontes

  • agem regulando a ação de outras substâncias
  • são encontradas principalmente em vegetais
  • Podem ser classificadas como hidrosolúveis e liposolúveis

Fontes

https://www.youtube.com/watch?v=FQ52ptQyUmg

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

2 comentários

  1. Tudo bem .estou muito feliz com esta materia godtei muito dela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser
88 Slides profissionais   Biologia e Ciências     R$ 21,00

Você é 
Professor(a)?

Tem 5 Slides GRÁTIS pra você baixar agora. 
Baixar Slides