CitologiaAulasBioquímicaBotânica

Cloroplasto: função, o que é, estrutura – Resumo

Entenda a importância, como funcionam e as funções do cloroplasto

As plantas, algas protistas e alguns protozoários como euglenófitas, possuem uma organela chamada de cloroplasto para a produção de carboidratos a partir da energia do sol. É a organela envolvida com o processo de fotossíntese.

Os cloroplastos estão situados perto da superfície da célula e em partes onde há suficiente recepção de luz solar. A sua forma varia, pode ser esferoidal, ovoide, ou discoide.

O que é cloroplasto

O cloroplasto é uma organela presente em células vegetais e seres protistas. Em seu interior está o pigmento chamado clorofila, que dá a cor verde a essa organela. Está presente apenas em seres eucariontes e são fundamentais para a absorção transformação da luz solar em energia.

Para um determinado tipo de célula, o tamanho do plastidio é constante, mas difere de espécies para espécies. Tem cerca de 4-5 mícrons de comprimento e 1-3 mícrons de espessura.

O número de cloroplasto pode ser de 20 a 40 por célula pode ser até 1000, o número varia de espécie para espécie, mas é constante para uma planta.

palstídeos

Funções dos cloroplastos

A função do cloroplasto é a realização de um processo chamado de fotossíntese

Os cloroplastos são organelas celulares que participam do processo de fotossíntese, que consiste no processo de formação de carboidratos utilizando gás carbônico e água na presença de luz

As enzimas e coenzimas necessárias para a fotossíntese estão presentes nos cloroplastos.

Estrutura dos cloroplastos

Os cloroplastos são em forma de disco e são fechados por uma membrana dupla.

Dentro da membrana interna é uma substância rica em proteínas conhecidas como estroma, é incorporada em um sistema de membrana. Este sistema de membrana forma vesículas ligadas à membrana chamadas tilacoides.

Os tilacoides estão em pilhas chamadas  de grana. Isso contém os pigmentos fotossintéticos – clorofila a e b e carotenoides. Lamelas são membranas tubulares que interligam a grana.

Cromoplastos

Os cromoplastos são plastídios coloridos e contêm vários pigmentos como amarelo, laranja e vermelho.

Eles são encontrados comumente em flores e frutas. A cor é devido ao pigmento, carotenos e xantofilas.

Funções

Em flores, a função principal é atrair agentes para polinização.

Nas frutas é atrair agentes para dispersão.

Cloroplasto observado por microscópio eletrônico

Observando ao microscópio eletrônico um corte de uma folha de Coleus sp., podemos encontrar cloroplastos que nos revelam a presença de estruturas empilhadas, dentro das quais se realiza a fotossíntese. No cloroplasto pode ser encontrado o produto da fotossíntese, composto principalmente de glicose.

Fotografia obtida ao microscópio eletrônico de transmissão de cloroplasto
Fotografia obtida ao microscópio eletrônico de transmissão de cloroplasto de folha de Coleus sp. com cerca de 1 μm de diâmetro. Foram adicionadas cores para ressaltar a presença de clorofila (em verde) e o acúmulo de amido (em rosa).

Compare a imagem acima com o esquema abaixo, que revela aspectos do cloroplasto que não podem ser vistos na fotografia. Os elementos empilhados são estruturas discoides, chamadas tilacoides, em que se encontra a clorofila, pigmento indispensável à realização da fotossíntese.

Esquema de estrutura interna de um cloroplasto
Esquema de estrutura interna de um cloroplasto representando a membrana dupla da organela e estruturas que parecem pilhas (grana) de elementos discoides individuais (tilacoides)

Essas pilhas são denominadas granum (no plural, grana). Observe, no esquema, a membrana dupla do cloroplasto representado de maneira artística, como se estivesse em explosão: é uma característica que os cloroplastos compartilham com as mitocôndrias.

Essas duas organelas compartilham outras características, o que leva a crer que têm uma origem comum. Os cloroplastos apresentam DNA e, como os demais plastos, autoduplicam-se. Quando uma célula se divide, seus plastos são repartidos entre as células-filhas e eles aumentam em número graças à autoduplicação.

Veja também

Bibliografia

Revista de Biologia e Ciências da Terra – Uma síntese sobre aspectos da fotossíntese – acessado em 14 de janeiro de 2021

Daniel Pereira

Olá. Meu nome é Daniel Pereira. Sou biólogo e o fundador do site Planeta Biologia. Se você curte ciências como eu, você veio ao lugar certo. Vamos aprender juntos?

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo