BioquímicaAulasBotânicaCitologia

O que é clorofila: função, tipos, para que uma planta utiliza

Entenda qual a importância da clorofila e como ela atua no processo de fotossíntese

O que é clorofila? A clorofila é uma molécula produzida por plantas, algas e cianobactérias que auxiliam na conversão de energia leve em ligações químicas. É conhecida como pigmento, ou molécula que reflete alguns comprimentos de onda da luz, enquanto absorve outros.

Os pigmentos produzem uma variedade de cores no mundo vegetal e animal. A clorofila é um pigmento verde e é responsável pela cor verde das plantas e algas.

Veja uma vídeo aula logo abaixo e depois continue com a leitura.

Nas plantas, existem duas formas específicas de clorofila: clorofila a e clorofila b. Cada forma de clorofila absorve comprimentos de onda ligeiramente diferentes da luz.

A clorofila a absorve os comprimentos de onda azuis escuros e os comprimentos de onda vermelhos escuros. A clorofila b absorve um comprimento de onda azul claro e um comprimento de onda vermelha.

As plantas têm ambas as formas, o que lhes permite absorver a maioria dos comprimentos de onda azuis e a maioria dos comprimentos de onda vermelhos.

Funções da clorofila

A clorofila tem duas funções principais: a biossíntese de açucares e produção de oxigênio.

1. Biossíntese de Açúcares

As plantas usam ambas as formas de clorofila para coletar a energia da luz. A clorofila está concentrada nas membranas de tilacoides dos cloroplastos. Os cloroplastos são os organelos em que ocorre a fotossíntese.

Os tilacoides são pequenos sacos de membrana, empilhados uns sobre os outros. Juntos nessas membranas estão uma variedade de proteínas que cercam a clorofila.

Essas proteínas trabalham juntas para transferir a energia da luz, através da clorofila, e nos laços da ATP – a molécula de transferência de energia das células. O ATP pode então ser usado no ciclo de Calvin, ou ciclo escuro, para criar açúcares.

A série de proteínas que transferem energia da luz e canalizam para síntese de açúcares são conhecidas como fotossistemas.

Todo o processo, fase luminosa e fase escura, são conhecidos como fotossíntese, e ocorre em plantas, algas e algumas bactérias. Estes organismos utilizam o dióxido de carbono (CO₂), uma (H₂O) e a luz solar para a produção de glicose.

Eles podem usar essa glicose no processo de respiração celular para criar ATP, ou podem combinar a glicose em moléculas mais complexas para serem armazenadas.

2. Produção de oxigênio

Um subproduto da fotossíntese é o oxigênio. As células vegetais podem usar esse oxigênio na respiração celular, mas também liberam excesso de oxigênio no ar. Esse oxigênio permite que muitas não-plantas sofram respiração também, apoiando assim a vida na Terra.

o que é clorofila

O oxigênio é produzido na primeira parte do ciclo leve da fotossíntese. As plantas dividem as moléculas de água para produzir elétrons, íons de hidrogênio e oxigênio diatômico (O₂).

Os elétrons fornecem a cadeia de transporte de elétrons que impulsiona a produção de ATP. O oxigênio é liberado para o ar. Desta forma, todo o oxigênio que respiramos é produzido.

Benefícios da clorofila

Por causa da clorofila, toda vida na Terra é possível. O primeiro benefício da clorofila é a produção de carboidratos, produzidos através do processo de ATP que é conduzido pela clorofila.

As plantas, como produtores primários, produzem a base da cadeia alimentar. Todos os outros organismos da cadeia alimentar dependem das plantas de açúcares que criam para sustentar a vida.

Enquanto os principais predadores em uma cadeia alimentar podem nunca comer uma única planta, certamente eles comem herbívoros. Estes herbívoros apenas comem plantas e crescem e criam músculos através da digestão e da utilização dos nutrientes das plantas.

A acumulação destes nutrientes na natureza não seria possível sem clorofila. O segundo benefício realizado por todos os organismos é o oxigênio.

Enquanto a clorofila não produz oxigênio diretamente, a clorofila e o complexo de proteínas está associado a transferir elétrons para moléculas como ATP e NADPH, que pode conter energia em títulos.

A necessidade de elétrons para conduzir esse processo faz com que as moléculas de água sejam divididas, criando oxigênio.

Esse oxigênio é liberado para a atmosfera. Plantas, algas e cianobactérias, produzem todo o oxigênio na atmosfera. Todos os outros animais, e a maioria das plantas, precisam desse oxigênio para sobreviver.

Termos de Biologia Relacionados

  • Fotossíntese – A série de proteínas e pigmentos que transferem energia para coenzimas, como NADPH e ATP, que fornecem a energia para muitas reações celulares.
  • Pigmento – Moléculas que refletem alguns comprimentos de onda de luz, enquanto absorvem outros.
  • Tilacoide – A série de sacos membranosos presentes em cloroplastos que mantêm os fotossistemas e outras proteínas envolvidas nas reações de luz.
  • Cloroplastos – As organelas responsáveis ​​pela fotossíntese.

Você sabia que tem bastante gente que envia posts, artigos, ou algo qualquer texto relacionado a ciências, educação ou biologia? Você gostaria de participar? Entre em contato.

Se você encontrar algo indevido nos textos, nas imagens, vídeos que recebemos, por favor, relate nos comentários que assim que puder será feita uma revisão.

Bibliografia

  • NELSON, David L.; COX, Michael M., Lehninger Principles of Biochemistry, 4th ed., W.H.Freeman, 2004, ISBN 978-0716743392
  • SPEER, Brian R. (1997). <<Photosynthetic Pigments“>> – acesso em 17 de janeiro de 2021

Redação Planeta Biologia

A redação do Planeta Biologia recebe conteúdo de diversos produtores do Brasil. Se você gosta de escrever ou tem algum texto relacionado à biologia, envia-nos para podermos publicar seu artigo.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo