Sistema Endócrino resumo

Existe em nosso corpo um mecanismo que funciona coletando informações sobre as condições do exterior e, também, sobre o funcionamento de cada parte do organismo, analisando as informações e tomando decisões. Depois, transmite as decisões aos órgãos que devem executá-las. Logo abaixo há uma sequencia de ilustrações com explicações. Dê uma olhada e depois prossiga com a leitura

A coleta é realizada pelos órgãos dos sentidos. As informações sensoriais são transmitidas pelo sistema nervoso até o cérebro, que as interpreta e emite decisões. As decisões são executadas por músculos ou por glândulas.

As glândulas produzem hormônios que influenciam o funcionamento do organismo. Os hormônios circulam pelo sangue, e cada tipo altera a função de apenas alguns órgãos.

Veja uma aula de Fisiologia Humana com os Principais sistemas do corpo humano.

Veja também Os órgãos do corpo humano.

Assim, as decisões geram efeitos que promovem a coordenação e a integração de todas as partes e funções do organismo.

Hipófise

Do tamanho de um grão de ervilha, a hipófise situa-se numa região muito bem protegida no centro do crânio, logo abaixo do hipotálamo.

glandula pituitaria hipotalamo

Há uma relação íntima entre o hipotálamo e a hipófise. Alguns hormônios liberados pela hipófise são produzidos no hipotálamo, e a secreção de outros hormônios é controlada por ele.

A hipófise é considerada a glândula mestra, pois vários de seus hormônios influenciam o funcionamento de outras glândulas do corpo, tais como a tireoide, as suprarrenais e as glându­las endócrinas do sistema reprodutor.

Além disso, a hipófise secreta outros hormônios. Um deles age sobre os rins, o hormônio antidiurético, regulando a quantidade de água eliminada na urina.

A ocitocina e a prolactina são hormônios relacionados com a fisiologia do corpo das mulhe­res. O primeiro é secretado no final da gravidez e promove a contração do útero por ocasião do parto. E a prolactina estimula a produção de leite.

Outro ainda é o hormônio do crescimento, que promove o aumento de tamanho das partes do corpo. Quando esse hormônio é produzido em pequena quantidade durante a infância, o indivíduo não cresce nem se desenvolve sexualmente, resultando em um tipo de anão que apresenta características infantis. É o chamado nanismo hipofisário.

O excesso desse hormônio na infância causa o gigantismo que, após o período de cresci­mento normal, causa a acromegalia – um crescimento desproporcional de ossos dos pés, mãos, maxilar inferior, nariz, lábios e de alguns órgãos internos.

O exercício, o sono e o jejum estimulam a produção desse hormônio.

Tireoide

A tireoide, ou glândula tireoidea, tem a forma de um H e abraça a traqueia na parte frontal do pescoço. Ela produz a tiroxina e a triiodotironina, hormônios que aumentam a atividade geral do organismo. O funcionamento da tireoide pode se alterar, provocando uma atividade anormal.

Sistema Endócrino resumo

A secreção excessiva desses hormônios causa o hipertireoidismo, caracterizado por aumen­to do ritmo cardíaco e da pressão sanguínea, agitação nervosa e perda de peso. Uma secreção deficiente causa o hipotireoidismo, que se caracteriza por falta de energia motora e mental, intolerância ao frio e pele seca.

O hipotireoidismo pode ser provocado por falta de iodo na alimentação, um elemento que faz parte dos hormônios tireoidianos.

Em regiões onde há pouco iodo no solo e nas águas, é comum o hipotireoidismo estar as­sociado ao bócio endêmico, um aumento no tamanho da tireoide de vários indivíduos da po­pulação. Embora a tireoide possa crescer tanto que forme uma “papeira” no indivíduo, a falta de iodo não lhe permite fabricar o hormônio em quantidade suficiente.

Atualmente há diversas alternativas para o tratamento médico das disfunções da tireoide, e o bócio endêmico é prevenido pelo acréscimo de iodo no sal de cozinha, tornado obrigatório no Brasil por uma lei de 1953. A atividade da tireoide é controlada pelo hormônio tireotrófico, secretado pela hipófise.

Supra renais

Adrenais ou suprarrenais são duas pequenas glândulas situadas sobre os rins. Um cor­te longitudinal dessas glândulas revela uma região periférica – o córtex adrenal – diferente da parte central, chamada de me­dula adrenal.

hormônios corticoides cortizona

O córtex produz os hormô­nios corticosteroides, que con­trolam a quantidade dos sais de sódio e potássio no organismo e elevam a quantidade de glicose no sangue.

A medula adrenal secreta o hormônio adrenalina, que tem efeitos semelhantes aos obti­dos pela estimulação do sistema nervoso simpático: acelera os batimentos cardíacos; contrai os vasos sanguíneos próximos da superfície do corpo, o que causa palidez; aumenta a pressão arterial; aumenta a energia das contrações musculares e ati­va o raciocínio.

A adrenalina é descarregada em maior quantidade no sangue quando o indivíduo se en­contra em perigo ou quando está colérico.

Uma deficiência grave na secreção de adrenocorticoides causa a chamada doença de Addison. O indivíduo perde muito sal pela urina e isso põe sua vida em risco. Se a deficiência for total e o doente não for tratado, ele poderá morrer no breve prazo de 3 a 5 dias.

Paratireoides

São quatro pequenas glândulas situadas na parte pos­terior da tireoide. Secretam o paratormônio, que controla a quantidade dos sais de cálcio e fósforo dissolvidos no san­gue, nos ossos e na urina.

A secreção deficiente desse hormônio causa falta de cálcio no sangue. Nessa situação, as fibras nervosas ficam muito excitáveis, o que as faz transmitir impulsos descon- troladamente. Se os impulsos forem muito rápidos, os músculos estriados sofrerão contração generalizada e de­morada, o que é chamado de tetania e pode levar à morte.

Quando há secreção excessiva de paratormônio, muito cálcio é retirado do osso, vai ao sangue e dele é excretado pela urina. Nessa situação, os ossos ficam muito frágeis, po­dendo quebrar-se em ações comuns.

Pâncreas

Além de produzir o suco pancreático, o pâncreas secreta dois hormônios: a insulina e o glucagon. A insulina promove a passagem da glicose para dentro da célula, onde ela é usada na respiração celular ou é armazenada.

Havendo deficiência na secreção de insulina, a glicose se acumula no sangue e começa a ser eliminada na urina. Esse é um dos sintomas do diabete melito, uma doença que é grave, mas para a qual há tratamento: os diabéticos devem controlar sua dieta e receber em alguns casos, com regularidade, injeções com quantidade adequada de insulina.

O glucagon é um hormônio que tem efeitos inversos aos da insulina, pois estimula a libera­ção, para o sangue, da glicose armazenada.

Veja também a aula sobre sistema digestório

Ovários e testículos

Os testículos e os ovários, além de produzir as células reprodutivas (espermatozoides e óvu­los), também secretam os chamados hormônios sexuais.

No homem, a testosterona promove o desenvolvimento dos próprios órgãos sexuais masculinos e tam­bém das características sexuais secundárias: pelos no corpo e no rosto, aumento da musculatu­ra, mudança na voz etc.

Nas mulheres, a progesterona e o estrógeno também promovem o desenvolvimento dos órgãos sexuais femininos e das características sexuais secundárias (por exemplo, os pelos próximos dos ór­gãos genitais e nas axilas, desenvolvimento dos quadris e dos seios etc.). Esses hormônios tam­bém regulam o ciclo menstrual, que estudaremos no capítulo referente à reprodução humana.

Resumo de Sistema Endócrino resumo

  • é formado por órgãos que produzem hormônios
  • os hormônios influenciam a fisiologia do organismo
  • entre os órgãos desse sistema podemos citar: hipófise, hipotálamo, tireoide, supra renais, paratireoides,  pâncreas, ovários e testículos.

Tem alguma coisa a acrescentar na aula Sistema Endócrino resumo? Não esqueça de deixar seus comentários.

Fonte: O corpo humano – nossa vida na Terra – de Helvio Niolau Moises – IBEP

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quer receber mais AULAS GRÁTIS?

inscreva-se em nosso canal no YouTube
 

botao-youtube

close-link
Não vai embora ainda!
Quer material pra estudar ou dar aula?
Inscreva-se grátis! 
Inscrever-se
Lembre-se, você poderá cancelar a inscrição a hora que quiser
close-link

Você é 
Professor(a)?

Tem 1 Slides GRÁTIS pra você baixar.
Baixar Slides
close-link
Close