HistologiaAulas

Tecido conjuntivo adiposo: tipos, características e funções

Onde é encontrado, seus principais tipos e principais caracterísitcas

O tecido conjuntivo adiposo é constituído por células adiposas ou adipócitos que acumulam gordura num vacúolo, empurrando o citoplasma e o núcleo de encontro à membrana.

Localizado sob a pele, formando a tela subcutânea (antes denominada hipoderme), ou nas membranas que revestem os órgãos internos, ele funciona como reservatório de gordura (reserva de energia), amortecedor de choques mecânicos, e como proteção contra o frio, contribuindo para manter o equilíbrio térmico dos organismos. Dá uma olhada nesse vídeo aí embaixo.

O que é tecido conjuntivo adiposo

O tecido conjuntivo adiposo tem como principal função armazenar gorduras em células especializadas chamadas de adipócitos. Outras funções do tecido adiposo são servir como reserva energética e fazer um isolamento térmico.

Esse tecido é apenas um tipo de tecido conjuntivo. Há outros tipos de tecido conjuntivo, como tecido ósseo, tecido cartilaginoso entre outros. Você pode ver a aula  características do tecido conjuntivopara entender melhor sobre esses outros tecidos.

Adipócitos: as células do tecido adiposo

Os adipócitos são células que se originam da diferenciação de fibroblastos, o tipo celular mais comum do tecido conjuntivo.

Apesar de parecerem pouco ativos, os adipócitos são células que apresentam um metabolismo dinâmico e são responsáveis pelo armazenamento e liberação de gordura (triglicerídeos) para utilização como fonte de energia pelos tecidos do organismo.

Além disso, os adipócitos são essenciais para outras atividades metabólicas, como a produção e regulação da atividade de alguns hormônios.

Veja também uma aula sobre as fases da divisão celular por mitose.

Obesidade

A obesidade é o acúmulo excessivo de gordura no corpo, principalmente pelo consumo de uma quantidade maior de calorias do que o organismo consome.

O excesso de calorias é armazenado como gordura, constituindo o tecido adiposo. Pessoas com sobrepeso moderado não são consideradas obesas, principalmente as que têm grande massa muscular ou ossos largos.

Inúmeros fatores podem interferir no processo de aproveitamento do alimento. Entre eles estão as disfunções hormonais, a predisposição familiar ou genética, maus hábitos alimentares e distúrbios psicológicos e emocionais. Os hábitos alimentares e culturais parecem ser os principais responsáveis. A ingestão de alimentos muito calóricos e os hábitos sedentários reduzem as necessidades energéticas e aumentam os depósitos de gordura.

Além da questão estética, a obesidade é um problema médico bastante sério. Ela provoca degeneração de vários órgãos, comprometendo, dentre outros, os rins, o coração e as artérias. Está também associada ao diabetes.

O tratamento da obesidade depende de várias abordagens, entre elas o controle da alimentação, tratamento psicológico e exercícios físicos, sempre com acompanhamento médico.

O infográfico que vem a seguir mostra a relação da insulina com a obesidade. Dê uma olhada.

Tecido conjuntivo adiposo – características e funções

Células adiposas: você sabia que existem algumas de coloração marrom? Sabe para que elas servem?

As células adiposas marrons derivam a sua cor de numerosas mitocôndrias, que elas usam para gerar calor em resposta ao frio ou (em roedores magros) quando ingerem alimento em excesso.

…Os citocromos fazem as mitocôndrias ficarem marrons. A gordura é armazenada em múltiplas pequenas gotículas. A gordura marrom é menos abundante do que a branca, […].

Humanos recém-nascidos possuem mais gordura marrom do que os adultos para poderem gerar calor durante o ajuste a um novo ambiente após o nascimento. Os animais que hibernam usam gordura marrom para aumentar as suas temperaturas quando emergem da hibernação.

Resumo de Tecido conjuntivo adiposo

  • é constituído principalmente por células chamadas adipócitos
  • células adiposas marrons são assim pelo fato de ter elevado número de mitocôndrias para gerar calor
  • a obesidade se deve ao fato de se consumir mais caloria do que se gasta

Não se esqueça de deixar seus comentários sobre a aula Tecido conjuntivo adiposo. Sua opinião é muito importante.

Veja também:

Referências bibliográficas

Junqueira, Luiz (1999). Histologia Básica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan. 524 páginas

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncio detectado

Por favor, desative o desbloqueador de anúncios!Precisamos manter o site no ar. Os anúncios nos ajudam a produzir esse conteúdo grátis pra você