Aulas

Filo Nematelmintos – características, verminoses e doenças – Resumo

Vamos estudar a fisiologia, anatomia, exemplos a reprodução dos nematelmintos e mais

Filo Nematelmintos – características, verminoses e doenças – Resumo
5 (100%) 9 voto[s]

Nematelmintos ou nematódeos, são os vermes cilíndricos. Veremos suas principais características, as doenças causadas, habitat, anatomia, reprodução e sua fisiologia. Tudo isso de maneira bem simples e resumida.

No filo dos nematelmintos existem aproximadamente 90 mil espécies conhecidas. São causadores de várias doenças e representam um grave problema de saúde pública. Vamos ver a aula em vídeo. No fim da página tem o slide usado para fazer essa vídeo aula.

O slide usado nessa vídeo aula está no fim da página

O que são nematelmintos – Definição e significado

Nematelmintos são animais invertebrados. São vermes em formato cilíndrico. Sua representante mais conhecida é a lombriga, mas existem vários outros vermes nesse filo

Nematelmintes é um nome de origem da palavra grega Nemathelminthe. Veja abaixo:

Nemato = filamamento helminthe = verme

Principais características dos Nematelmintos

Podemos citar como as principais características do nematelmintos:

  • Triblásticos
  • Protostômios
  • Pseudocelomados

Os Nematelmintos, também chamados de Asquelmintos, ou ainda de Nemátodas, são vermes, ou seja, possuem uma forma alongada. Diferente dos platelmintos, que são achados, estes são cilíndricos e apresentam um grau de complexidade um pouco maior. Podem ser de vida livre ou parasitas.

Estes seres vivem em diferentes habitats, marinhos, dulcícolas, terrestres úmidos e como parasitas no interior de outros animais.

Há inclusive várias espécies que causam prejuízo à agricultura. Entre os mais conhecidos estão a lombriga, o ancilóstoma e até o causador do bicho geográfico e da filariose.

Várias doenças são causadas por vermes desse filo, e assim como ocorre com os platelmintos a incidência é mais intensa em geral associada a precariedade do saneamento básico. Seu tamanho pode variar a frações de milímetros até chegar a incríveis 8 metros.

Novidades Evolutivas

Possuem pseudoceloma e um tubo digestivo completo. Assim o alimento entra por um lado e seus metabolitos saem na outra extremidade, portanto alimento e fezes não se misturam. Possuem então,boca e ânus.

Para saber sobre os animais veja a aula – Reino Animal

Classificação científica dos nematelmintos

  • Domínio: Eucariontes
  • Reino: Animal
  • Filo: Nematelmintos
  • Classes: Adenophorea e Secernentea

Anatomia e fisiologia

Sistemas Presentes:

  • Digestório
  • Revestimento
  • Nervoso
  • Reprodutor
  • Excretor
  • Respiratório e Circulatório – Ausentes

Filo Nematelmintos – características verminoses e doenças

O nematelmintos são mais complexos quando comparamos aos platelmintos

Sistema digestório e alimentação dos nematódeos

O seu sistema digestório dos nematelmintos é completa, ou seja, apresenta boca e ânus. Também apresentam vários órgãos como faringe, e intestino, além da boca e ânus.

alimentação dos nematelmintos

Os nematelmintos de vida livre podem se alimentar de anelídeos, algas e até mesmo de bactérias e fungos. Esses tipos de vermes podem ser causadores a lavouras.

Sistema nervoso

O sistema nervoso dos nematelmintos é formado por vários gânglios e um anel nervoso que fica centralizado na região da faringe. Existe ainda um conjunto de papilas sensoriais na região da cauda e da cabeça, que vão ajudar o animal a perceber as mudanças ambientais.

Anatomia e órgão do sistema nervoso dos nematelmintos

Existe também um conjunto de cordões nervosos que vão trabalhar em conjunto com os músculos durante a locomoção.

Sistema excretor

O sistema excretor dos nematelmintos  é composto por glândulas se ligam diretamente ao pseudoceloma. De lá, uma estrutura de canais excretores em H que vão eliminar as excretar os resíduos compostos principalmente por amônia.

Órgãos e excreção dos nematelmintos

Não possuem células-flama e nem órgãos excretores propriamente ditos.

Reprodução dos nematelmintos

A reprodução dos nematelmintos é sexuada. Os animais são dioicos, ou seja, tem o macho e a fêmea. Existe dimorfismo sexual, sendo que a fêmea são maiores que os machos. As estruturas reprodutoras são o poro genital, e uma cloaca com espículas copulatórias.

Sistema reprodutor dos nematelmintos

A fecundação é interna, ou seja, acontece dentro da fêmea. Existem animais que se desenvolvem diretamente do ovo para a fase juvenil, enquanto há outro que passam por uma fase larval antes de se tornarem adultos.

Respiração e circulação

Os nematelmintos não apresentam nem sistema circulatório nem respiratório. A troca de gases se dá por difusão.

Locomoção

A locomoção dos nematelmintos é feita por músculos que estimulados por células nervosas presentes em todo o corpo. Essas camadas musculares ficam logo abaixo da epiderme e se ramificam até encontrarem os nervos de onde saem os impulsos para realizar o movimento

Embriologia

São animais invertebrados triblásticos, ou seja, possuem a ectoderme, mesoderme e endoderme. São também animais pseudocelomados. O pseudoceloma é uma cavidade no interior dos nematelmintos.

Habitat – onde podemos encontrar os nematelmintos

O habitat dos nematelmintos é bastante variado. Eles podem viver na água, em solos úmidos ou como parasitas dentro de outros animais

Doenças causadas por nematelmintos

Esse é o filo que junto com os platelmintos são os que possuem mais agentes causadores de verminoses. Na aula pelo slide há muitas ilustrações e a descrição do ciclo das principais doenças. Vamos a algumas delas.

Entre as principais doenças causadas por nematelmintos podemos cita:

  • Ascaridíase
  • Ancilostomose
  • Filariose

Ascaridíase – Lombriga

Talvez, a ascaridíase seja a verminose mais comum entre todas e é causada pela espécie Ascaris lumbricoides cujo único hospedeiro são os humanos. A lombriga se aloja dentro do intestino delgado, onde retira os nutriente de que precisa para sobreviver. Antes de se alojar no intestino, esse verme faz uma verdadeira viagem pelo corpo.

Veja o ciclo desse da lombriga.

Ciclo da ascaridíase - lombriga

Ancilostomose – ou Amarelão

O seu  Agente etiológico: Ancylostoma duodenale Necator americanus, e assim como a lombriga não possui hospedeiro intermediário sendo o homem seu único hospedeiro. O ancilóstoma se aloja no intestino delgado provocando hemorragias e feridas que levam o infectado a um quadro de anemia fazendo com que a pessoa fique com uma coloração amarela, daí vem o nome amarelão.

Filariose – ou elefantíase

Está é uma doença bastante grave que causa deformação em diversas parte do corpomas concentram-se principalmente nos membros. O inchaço se dá devido ao agento causador Wuchereria bancrofti se alojar nos vasos linfáticos obstruindo assim a linfa o que provoca inchaço.

No site da CDC há informações completas (em inglês) sobre a filariose

Se você não assistiu a aula Filo Nematelmintos – características verminoses e doenças pelo slide, faça isso, pois há muitas ilustrações exemplos que vão facilitar seu entendimento.

Nematelmintos ou Asquelmintos

Há pouco tempo atrás era bem comum nos referirmos aos nematelmintos com asquelmintos. Inclusive em livro didáticos era esse o nome que encontrávamos.

Hoje em dia esse nome caiu em desuso e vamos usar aqui sem a palavra nematelmintos ou nemathelminthes.

Slide sobre o filo dos nematelmintos usado para fazer a vídeo aula

Se você gostou desse slide você pode consegui-lo em nosso Kit de Slides de biologia e ciências

Até a próxima aula e não esqueça de deixa os seus comentários

Atividade e Exercícios

Responda as pergunta abaixo:

  1. Como se alimentam os Nematelmintos?
  2. Quais são as doenças causadas por nematódeos?
  3. Como é a digestão dos Nematelmintos?
  4. Como se dá a excreção dos Nematelmintos?
  5. Qual é o tipo de reprodução dos Nematelmintos?

Leitura Sugerida

Referências bibliográficas

Daniel Pereira

Daniel Pereira é biólogo graduado pela Unesp e atualmente faz especialização em ensino de ciências e matemática. Professor de ciências e biologia é também o fundador do site Planeta Biologia

7 Comentários

    1. O Planeta Biologia não indica nenhum tipo de medicação, para um tratamento adequado a melhor coisa é procurar por ajuda especializada.

  1. ISO e nojento mas legal ISO me ajudo muito obrigado aquém criou e se site e se site me ajudou a salvar um paciente meu obrigado

  2. > São vermes de corpo cilindrico, afilado nas extremidades.
    > Muitas especies são de vida livre e vevem em ambiente aquatico ou terrestre, outras são parasitas das plantas e de animais inclusive o proprio humano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar