Aulas

O que é Alça de Henle – Anatomia, função

Entenda como a importância e como funciona uma alça de Henle

alça de Henle é um tubo em forma de U presente nos néfrons dos mamíferos. Tem como função a absorção de água e sais minerais. Também pode ser chamado de ansa de Henle e fica localizado entre o túbulo contorcido proximal e túbulo contorcido distal.

Os néfrons são as unidades funcionais de um rim. São junto com outras estruturas, os responsáveis pela filtragem do sangue e produção da urina. Além disso a alça de Henle é uma das estruturas que formam os néfrons.

São estruturas encontradas somente em mamíferos e sua presença torna a filtragem do sangue mais eficiente.

Pode ser que as alças de Henle sejam uma adaptação para ambientes terrestre, como é o caso da maioria dos mamíferos.

Isso daria aos rins uma maior porção para a reabsorção de água e sais minerais, já que os néfrons teriam uma estrutura de túbulos maior que em outros vertebrados.

O tamanho das alças de Henle pode variar de pende de onde os néfrons estão localizados nos rins. Alças mais longas são encontradas quanto mais interior estiver no rim. Ao contrário, quanto mais superficial estiver,essas alças serão mais curtas.

A espessura da alça de Henle é bastante delgada e chega a ter diâmetros semelhantes a capilares. Há vários capilares passando próximos, já que essa é uma área de absorção e reabsorção.

Fisiologia e anatomia da alça de Henle

A alça de Henle consiste em três segmentos principais: um segmento fino descendente, segmento fino horizontal e um segmento grosso ascendente.

Esses segmentos são caracterizados pela morfologia celular e localização anatômica, mas também se correlacionam com a função.

Aproximadamente 15 a 25% do NaCl filtrado são reabsorvidos nessas alças, principalmente através do membro ascendente espesso.

Desempenha um papel importante na concentração urinária, contribuindo para a geração de um interstício medular hipertônico, em um processo chamado multiplicação em contracorrente.

Além do mais, contribui para a reabsorção de íons cálcio e magnésio. É na alça de Henle que agem os diuréticos mais potentes.

Quem descobriu a alça de Henle?

Foi descoberto por Friedrich Henle (1809-1885). Foi um médico alemão, especializado em anatomia e patologia.

Leitura sugerida

Referências bibliográficas

CASSOLA, Antonio C. Atualização em Fisiologia e Fisiopatologia Renal: Canais iônicos nas células do epitélio tubular renal. J Bras Nefrol, v. 22, n. 3, p. 176-80, 2000. ISSB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *