Aulas

Filo dos Poríferos características e fisiologia – Resumo

Filo Porífera: reprodução, alimentação, habitat, respiração - exemplos

Os poríferos são as esponjas do mar. A principal característica é a presença de poros por todo o corpo. São animais invertebrados aquáticos que vivem fixos em rochas ou em corais.

O filo dos poríferos estão entre os  animais mais antigos do planeta. Não apresentam órgãos e são animais sésseis, ou seja, não possuem locomoção própria. São aquáticos e alimentam-se através da filtragem da água, retirando dela os seus nutrientes.

Nesta aula vamos explicar suas características gerais, sua fisiologia, alimentação respiração, habitat e os principais tipos. Veja uma vídeo aula e um Slide logo abaixo e depois continue com os textos.

Os poríferos são animais que não podem se locomover. Vivem em substratos, presos e por isso não podem se locomover. Vivem em ambientes que podem se dulcícolas ou marinhos, mas sempre na água. Os poríferos também são chamados genericamente de esponjas do mar.

Características gerais dos poríferos

  • São filtradores
  • Não apresentam tecidos nem órgão verdadeiros
  • São assegmentados e assimétricos
  • São animais acelomados

Reprodução dos poríferos

A origem do nome porífero vem do fato de possuir vários poros  pelo corpo. Esses animais se reproduzem tanto por reprodução assexuada quanto por reprodução sexuada, sendo que a maioria são hermafroditas.

As esponjas do mar possuem grande capacidade de regeneração a tal ponto que se forem trituradas e separadas, e depois recolocadas juntas novamente, elas poderão se reagrupar.

Por

Anatomia e estrutura

O corpo dos poríferos é bem simples, entre as principais estruturas estão:

  • Átrio: cavidade no interior da esponja
  • Ósculo: abertura por onde sai a água
  • Corpo: é onde estão as células e os poros por onde a água entra

tipos de células das esponjas

Há 5 tipos de células principais no corpo dos poríferos: Os pinacócitos, amebócitos, porócitos, miócitos e coanócitos

Os pinacócitos são as células de revestimento e conferem proteção.

Os coanócitos, são células flageladas, e que ajudam no movimento da água no interior para a filtragem e retirada dos nutrientes..

Os amebócitos são células totipotentes que podem gerar qualquer outro tipo de célula no corpo das esponjas.

Os porócitos são células que permitem a água no interior dos poríferos. Eles de dobram sobre si mesmas criando um poro. São essas células que vão formar os poros tão característicos do filo dos poríferos.

Veja mais aulas como Poríferos características e fisiologia em nossa seção de aulas.

Fisiologia dos Poríferos

A respiração, excreção e circulação se dá por difusão. A digestão é intracelular e se dá por ação dos coanócitos.

Os poríferos são animais filtradores e não possuem órgãos verdadeiros. Possuem apenas tecidos rudimentares.

As suas principais células são os coanócitos, pinacócitos e os porócitos. Essa última terá a função de formar os poros do animal.

Os poríferos não possuem nem tecidos nem órgãos verdadeiros. São seres vivos mais simples do reino animal. Não iremos encontrar nenhum sistema fisiológico propriamente dito. Não existe sistema sistema digestório, circulatório nem qualquer outro.

Alimentação

As esponjas do mar não possuem um sistema digestório, por isso, não há órgãos capazes de quebrar o alimento em partículas para que a esponjas aproveitarem esse alimento.

Por esse fato, as esponjas do mar apenas podem se alimentar de nutrientes dissolvidos na água do mar.

A água do mar tem naturalmente vários nutrientes dissolvidos na água. Essa vai entre nos poros desse espongiários e são filtradas.

Os nutrientes serão diretamente absorvidas pelas células. Os nutrientes passarão então de célula a célula através de difusão simples.

Respiração

As esponjas não possuem órgãos ou tecidos especializados. Por isso, a respiração se dá de forma muito simples. O oxigênio dissolvida na água simplesmente entre na célula e pronto.

Esse tipo de respiração é chamada de respiração por difusão.

Reprodução dos Poríferos

A reprodução pode ser tanto assexuada como sexuada.

A Reprodução assexuada se dá por brotamento ou quanto o animal sofre uma ruptura, lesão ou fissura e a parte rompida dará origem a um outro animal.

Já na reprodução sexuada, ocorre a reprodução de espermatozoide que quando amadurecem saem  junto com correntes de água no interior da esponja por uma estrutura chamada ósculo e chegam até outra esponja onde um ocorrerá a fecundação do óvulo.

A fecundação dos óvulos acontece no interior da esponja. Por esse motivo é chamada de fecundação interna.

Depois da fecundação haverá a formação de um zigoto, que vai crescer até se tornar uma larva. A larva sairá da espoja e se fixará em um substrato, como uma rocha ou um esqueleto calcário e partir daí formará uma nova esponja.

Habitat

As esponjas do mar são animais que vivem exclusivamente em ambiente aquático. São muito mais abundantes na. Há poucas espécies de água doce . São mais frequentemente encontradas em zonas de corais de água quente

São animais que não tem capacidade de se locomover. Elas vivem fixas em rochas e corais. Apenas na fase larval que elas se movimentam.

Exemplos e tipos de poríferos

Existem 3 tipos principais:

  • Ásconsão as mais simples e tem forma achatada
  • Syconapresentam uma forma mais alongada
  • Lêuconsão as mais complexas e tem o corpo mais desenvolvido

Veja na figura abaixa as semelhanças e diferenças do tipos de esponjas.

Filo dos Poríferos características e fisiologia - Resumo

Atividade – Exercícios

Você é capaz de responder as seguintes questões?

  1. Como se chama o tipo de alimentação dos Poríferos?
  2. O que são espículas e qual a sua função?
  3. Quais são as características dos Poríferos?
  4. Como é a respiração dos Poríferos?

Leitura Sugerida

Referências bibliográficas

  • Biologia dos Invertebrados 7ed < Link >
  • Algumas das referências desta aula foram tiradas do Porifera Brasil da UFRJ, vale a pena conhecer este site.

Se tiver outras dúvidas da aula Poríferos características e fisiologia não esqueça de deixar nos cometários que nós sempre respondemos.

Daniel Pereira

Daniel Pereira é biólogo graduado pela Unesp e atualmente faz especialização em ensino de ciências e matemática. Professor de ciências e biologia é também o fundador do site Planeta Biologia

14 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar