AnatomiaAulas

O que é ureter: função anatomia

Entenda como funcionam os dois ureteres do corpo humano

O ureter é um tubo urinário que tem como principal função transportar a urina dos rins para a bexiga. É uma estrutura composta principalmente por músculo liso. São dois ureteres que possuímos. Um para cada rim, indo terminar em uma bexiga urinária.

Mais especificamente, a função do ureter é transportar a urina da pelve renal em direção à bexiga e proteger o parênquima renal do refluxo e pressão traseira gerados distalmente. O ureter manifesta atividade peristáltica e pode adaptar suas características mecânicas à quantidade de urina formada nos rins.

As alterações na função ureteral resultantes da obstrução dependem do grau e duração da obstrução. Até a taxa de fluxo urinário, as propriedades mecânicas e anatômicas do ureter, a natureza do processo da doença e a idade do paciente influenciam a resposta do ureter à obstrução.

Antes de ler nosso texto, veja uma vídeo-aula ureter, que é uma das estruturas mais importantes do sistema urinário

Principais características do ureter

Os ureteres transportam a urina da pelve renal para a bexiga. Existem dois deles, um para cada rim. Os ureteres correm retroperitonealmente ao longo do teto da cavidade abdominal e, em seguida, entram na pelve.

Uma vez que entra na pelve, move-se medialmente no ligamento largo da nas mulheres ou na prega genital do macho. Termina na junção na superfície dorsolateral da bexiga dentro do ligamento lateral.

Histologia do ureter

  • Possui uma camada epitelial interna produtora de muco
  • É formado a partir do epitélio de transição
  • Protege contra a urina
  • Seguido por uma camada de músculo liso
  • Isso é bem desenvolvido para o peristaltismo, embora possa entrar em espasmo por irritação
  • E finalmente uma adventícia externa

Junção do ureter com a bexiga

Junção com a bexiga

  • O ureter entra na bexiga obliquamente perto do colo da bexiga
  • Corre entre as camadas musculares e mucosa
  • Isso interrompe o fluxo de retorno quando a bexiga está cheia à medida que aumenta a pressão na bexiga urinária
  • Eles abrem através de duas fendas em uma “colina” elevada

Movimento de urina

O movimento da urina ao longo dos ureteres é obtido pelo peristaltismo, que é alimentado pelo músculo liso regulado localmente. Isso mantém uma baixa pressão na pelve renal.

Suprimento Vascular

  • Pelve renal e ureter proximal
  • Artéria renal
  • Ureter distal
  • Artéria vesicular craniana e vaginal (feminina) / prostática (masculina)

Drenagem linfática dos ureteres

Feita através dos linfonodos lombares

Ureter – Resumo

Os ureteres, um de cada rim, entregam urina na bexiga. Os ureteres entram pela parte traseira da bexiga urinária, entrando em um ângulo tal que, quando a bexiga urinária enche, as aberturas do ureter são forçadas a fechar. Uma seção transversal do ureter revela três camadas de tecido:

  • Uma mucosa interna consiste em epitélio de transição coberto por uma lâmina própria de tecido conjuntivo. As secreções de muco protegem os tecidos do ureter da urina.
  • Uma camada muscular média consiste em camadas longitudinais e circulares de fibras musculares lisas. As fibras musculares forçam a urina para a frente por peristaltismo.
  • A adventícia externa consiste em tecido conjuntivo areolar contendo nervos, vasos sanguíneos e vasos linfáticos.

Leitura sugerida

Referências bibliográficas

VASCONCELOS, Juliana Fraga. Histologia: Rins, Vias Urinárias e Bexiga. 2018.

OVALLE, William K.; NAHIRNEY, Patrick C. Netter bases da histologia. Elsevier Brasil, 2008 – Link

Partes do texto traduzido de:

https://www.cliffsnotes.com/study-guides/anatomy-and-physiology/the-urinary-system/ureters

 

Daniel Pereira

Daniel Pereira é biólogo graduado pela Unesp e atualmente faz especialização em ensino de ciências e matemática. Professor de ciências e biologia é também o fundador do site Planeta Biologia

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar