VirologiaAulasMicrobiologia

O que é adsorção viral

Entenda como um vírus se liga a célula para começar a infecção

A adsorção viral é a primeira etapa de um vírus durante uma infecção em uma célula hospedeira. Define-se adsorção viral quando a proteína presente em um vírus se liga a uma estrutura na membrana celular de uma célula hospedeira.

O vídeo abaixo ilustra bem o momento em que um vírus se fixa a uma célula hospedeira, observe.

A estrutura ligante presente na membrana celular, pode ser uma proteína, glicoproteína, lipídeo ou um glicolipídeo

Quando o vírus se liga a estrutura na membrana celular, haverá a preparação para a próxima fase da infecção do vírus: a penetração viral.

Essa fixação pode acontecer de várias formas, como por exemplo interação iônica. Onde os polos elétricos da proteína do vírus reconheceram receptores específicos presentes na célula hospedeira. A adsorção viral é a primeira fase da replicação do vírus.

Na imagem abaixo, dois exemplos de vírus se adsorvendo a uma membrana celular por interação iônica.

Adsorção viral por interação iônica

O mecanismo de adsorção viral se dá pela interação do tipo chave fechadura. Ou seja, a proteína viral irá apenas se fixar em um receptor específico.

Essa proteína pode tanto estar presente no capsídeo viral, no envelope viral ou ainda ser o peplômero de certos tipos de vírus.

Anticorpos ou proteínas do complemento, podem inativar proteínas responsáveis pela adsorção viral. Quando isso acontece o vírus fica inativado e perde seu poder infectante.

Além disso, esses anticorpos sinalizam ao sistema imunológico que o vírus pode ser fagocitado.

Você sabia que tem bastante gente que envia posts, artigos, ou algo qualquer texto relacionado a ciências, educação ou biologia? Você gostaria de participar? Entre em contato.

Se você encontrar algo indevido nos textos, nas imagens, vídeos que recebemos, por favor, relate nos comentários que assim que puder será feita uma revisão.

Leitura sugerida

Referências bibliográficas

  • FLORES, Eduardo Furtado; KREUTZ, Luiz Carlos. Replicação viral. ORG., p. 107, 2007.
  • SILVA, Joselma Siqueira. Estudo da interação do adenovírus humano, sorotipo 41 (HAdV-41), com células permissivas. 2008. Tese (Doutorado em Microbiologia) – Instituto de Ciências Biomédicas, University of São Paulo, São Paulo, 2008. doi:10.11606/T.42.2008.tde-24112008-161607. Acesso em: 2020-05-14. – DOI

Daniel Pereira

Olá. Meu nome é Daniel Pereira. Sou biólogo e o fundador do site Planeta Biologia. Se você curte ciências como eu, você veio ao lugar certo. Vamos aprender juntos?

Artigos relacionados

Um Comentário

  1. Já é conhecida a média de tempo necessária para se completar o processo de adsorção viral no caso do SARS-COV-2 em célula humana? E o mesmo para o processo da penetração viral?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo